Game of Thrones – Não vi mas quero opinar

Eu sempre fico morrendo de vontade de opinar, de comentar e de falar com meus amigos sobre as coisas que eles andam vendo. Mas nem sempre tenho disposição, ou vontade, ou saco pra acompanhar 16 temporadas de Dr. Who e falar de uma série que já deveria ter sido cancelada no segundo episódio ou de ver a primeira temporada de Game of Thrones toda pra começar a ver as coisas “pegarem fogo”, se é que vocês me entendem.

Para facilitar a minha vida, e a de vocês, resolvi fazer uma coluna apenas para opinar e falar do que está em voga no momento, mas sem nunca ter visto muitos episódios. Como a cultura do spoiler tá comendo solta por aí, no Facebook e até em notícias, é fácil acompanhar os acontecimentos das séries, das novelas e dos filmes. Mesmo tendo visto apenas a primeira temporada, é só passar pelo Twitter ou Facebook por algum tempo no domingo à noite que você fica por dentro de tudo que está acontecendo. Você já deve ter percebido (até pelo título da matéria) que falaríamos de Game of Thrones, né? Sobe a música.

Não tem jeito melhor de começar uma série do que dançando assim. Fala sério!

Fiquem tranquilos que qualquer spoiler ou qualquer coisa dita aqui, será pura coincidência, porque eu parei de ver a série no final da primeira temporada, então depois disso é tudo chute. Vem comigo e me ajude a decifrar essa linda timeline de domingo à noite.

Casamento Vermelho (ou Red Wedding, para quem diz que leu o livro só pra se sentir superior)

Foi o casamento do Rei que todo mundo odiava com a filha dos Starks que todo mundo odeia, Jean Grey. Das duas uma: ou o nome vem da cor do cabelo dela ou vem da cor da bandeira dos Lannister, que todo mundo odeia e eu nem preciso ter visto muito pra saber disso.

No casamento morreu todo mundo e o episódio entrou para o livro dos recordes como a maior quantidade de sangue digital já usado em uma série, quiçá em um canal inteiro de televisão. Nem na luta dos 88 loucos, em Kill Bill, foi usado tanto sangue.

Lá também que o Montanha lutou contra um outro cara que tacou uma pedra na cara dele depois de fingir de morto ou algo assim. E o Montanha tem a mesma idade que um outro garoto que sempre aparece por aí em comparação com ele mas que eu não faço a menor ideia de quem seja, mas eu torço para que seja da série para que este parágrafo não fique muito sem sentido.

Game of Thrones: Montanha e um outro cara aí

Viu? Acertei. Eles são da mesma série.

Hold the Door

Tem um cara estranho que repete umas palavras e que todo mundo compara com o Groot porque só repete uma palavra. Daí parece que a explicação dele só falar essa palavra é porque ele era porteiro em algum puteiro medieval e ficava lá segurando a porta pra galera entrar. Daí aconteceu alguma coisa com ele e criou um trauma fudido na cabeça da criança, daí hoje ele fica repetindo isso pra sempre. Ele é amigo do filho mais chato dos Starks, depois da Jean Grey. O menino que muda de rosto a cada temporada e cada dia fica mais feio. O tempo não tem sido legal com ele.

Ele quem carrega o menino Stark pra cima e pra baixo, porque ele caiu da janela na primeira temporada e ficou paraplégico. Tem uns amigos que andam com eles que são tipo aquela galera do fundão da sala de aula, que só sabem matar aula e beber vinho na porta da escola.

Bitch please

You Know nothing, Jon Snow

Jon Snow morreu. Daí ele voltou, sabe Deus como. Acho que tem a ver com os feitiços que envolvem alguns personagens da série.

Mas ele não sabe de nada e eu não faço a menor ideia do porque dessa frase existir. Elas estão em camisas, em bottons, em livros e em todos os lugares que imaginar. A única possibilidade dessa frase fazer sentido é ele estar perdido com o pessoal da Muralha e ficar repetindo isso igual ao cara do “Hold the Door”, porque ele não sabe de nada que está acontecendo. Inclusive, ele encontra a irmã dele, em um episódio. Mas eu não sei se é a irmã perdida que virou menino enquanto passava a vida fugindo ou se é a irmã chata que ninguém gosta, Jean Grey.

De qualquer forma, ele não sabe de nada e é bom a gente saber disso. Porque todo fã de Game of Thrones gosta de repetir isso. Isso e “Queen of nothing”, que é da próxima participante.

jon snow

Khaleesi e os dragões

Khaleesi é a mãe dos dragões de Game of Thrones. É ela que comanda todo mundo e que faz as cidades tudo pegarem fogo quando ela manda eles tacarem fogo pela boca. Khaleesi também é a rainha de nada porque alguém deve ter dito pra ela já que ela sofria por ninguém acreditar nela. Mas agora ela tem dragões e agora ela manda em tudo. Se tivesse que apostar em alguém para ser a herdeira do trono, seria ela.

Dracarys Motherfucker!!!!

dracarys

A Mulher do colar e os mistérios que cercam ela

Tem uma mulher do colar que é velha, mas é nova. Aí ela usa um colar pra fingir que é nova. Teve um furo de roteiro em um episódio que ela apareceu sem o colar mas não estava velha, porque é o colar que mantém ela nova. Daí criaram uma teoria pra validar o fato dela estar sem o colar e continuar nova, mas eu acho que é só furo de roteiro mesmo. Algum continuista deve ter descuidado e ela apareceu sem colar.

Ela era uma rainha do fogo no começo da série. Daí ela convenceu um cara a ficar do lado dela e muitos outros ficaram do lado dela e hoje eu não sei quem está do lado dela, só sei que ela é odiada por algumas pessoas e depois ela sumiu da série, deixando o ar de mistério. No fim das contas acho que só esqueceram o arco da história dela mesmo, igual os diretos das novelas da Globo fazem quando ficam com raiva de alguma atriz que não quer cortar o cabelo mesmo depois de ter prometido que cortaria aí eles fazem ela virar fantasma e colocam uma substituta que ela odeia na novela. Mas assim, isso foi só um exemplo. Não acredito que tenha acontecido isso em alguma série.

melisandre

Posts relacionados: